Nós e a Noite


O véu cerúleo que recobre Apolo

O manto obscuro que revela a alma

Prazeres afloram em farto solo

A elegância do luar se espalma


Selene inspira-me com alva luz

No brilho, sonhos nas escuridões

Em ruas foscas, o prazer reluz

Frutificam na noite, sensações


Carnaval de Veneza se desfaz

As Valquírias fizeram o trabalho

E Nix, exaustada, se liquefaz


O carro Solar chega com orgulho

O som de Wagner, máscaras, traz

Os raios de Rá cintilam o orvalho

 

Autoria: Guilherme Rodrigues


39 visualizações