FECHE OS OLHOS E LEIA


Por Felipe Scalise Gaspar


O sonho é,

Em sua verdade mais autêntica,

Juro,

E no final de tudo,

Nada.

E sonhar é um exercício

De um terrível desespero

De evitar o exício

Só.


Mas mesmo assim atinge a beleza E eu tenho certeza

Que todos que leem

Adoram sonhar.

Pois sonhar é

Surrealismo

Manifestado sem forma,

Abstrata e

Ideal.


Dali,

Desta insanidade

Saem conclusões

E confusões e

Caminhões

E o verdadeiro caminho

Que um deve seguir

E que sobre este passeio

Deve ter fé.


Vagabundeiam o sonhador Como se fosse pecado

E um pouco

Muito errado

Contemplar-se de forma mais Pura

E esquecer da vida dura

E da dureza que é

Viver.


Vejo inveja

Daqueles que esqueceram

Como sonhar,

E agora banalizam

E proíbem

Para nós sem sorte

O simples ato imaginativo De fechar os olhos

E brincar de morte.



Revisão: Guilherme Caruso

Imagem de Capa: Rahul






30 visualizações