top of page

PINCELADAS DA CHUVA




Num tapete de folhas de outono

Um tapete que vi na calçada

Fui coberta por você


Num tapete de folhas de outono

de cores vibrantes e molhadas

Foi como se flutuasse nas lembranças

do seu pescoço

da sua pele

da sua fala


Como tudo muda na troca de estação

Tudo mudou quando te conheci

Como a chuva deixa vibrante o vermelho

Você pincelou todas as minhas cores

Numa mistura de

aquarela

guache

e acrílica


O que não brilhava hoje brilha

No que não pensava hoje penso

E tudo que antes não sentia

Hoje toma espaço

No âmago de minha existência


Autoria: Tiz Almeida


Revisão: Laura Freitas e Artur Santili


Imagem da capa: Joaobiscoito - Pinterest


bottom of page